Saiba como foi o encontro “Vamos falar sobre consumo?”

14/06/2011 § 2 Comentários

Leia alguns trechos do encontro promovido em 19/5/2011, em que especialistas debateram consumismo infantil com pais de alunos do Vera Cruz

Laís Fontenelle Pereira, Marcelo Furtado e José Armando Simões Macedo (Foto: Denise Durand Kremer/OPS Vera Cruz)

 LAÍS FONTENELE PEREIRA, do Instituto Alana, apresentou a ONG e disse que, em relação ao consumo infantil, o trabalho se dá em três frentes:
* Recepção e encaminhamento de denúncias de publicidade abusiva pelo site www.alana.org.br;
* Financiamento de pesquisas sobre o tema;
* Oferecimento de bolsas de estudo para estudantes realizarem trabalhos de conclusão de curso abordando o consumismo infantil.

Ela indicou o livro “O desaparecimento da Infância”, de Neil Postman.Destacou a importância de pais e cuidadores mediarem a relação da criança com a mídia.  E alertou que está havendo uma migração da TV para a internet.Apresentou um estudo que mostra que crianças brasileiras ficam em média de 5 horas diárias em frente à TV. Nas classes populares, a média pode chegar a 9 horas. A mesma pesquisa aferiu que 86% das crianças brasileiras acessa a internet 3 ou mais vezes por semana.

Indicação de filmes: “Criança, a Alma do Negócio” (documentário produzido pelo Instituto Alana) e “As melhores coisas do mundo”, de Laís Bodansky.

“Hoje em dia produtos e serviços são ingressos sociais e as relações afetivas são mediadas pelas relações de consumo.”

As consequências do excesso de exposição à publicidade incluem depressão, distúrbios alimentares, obesidade, aumento do risco de se expor a situações como prostituição e furtos.Indicou o blog do Alana como fonte para informações sobre a legislação em outros países sobre publicidade dirigida às crianças (várias nações desenvolvidas proíbem).

JOSÉ ARMANDO SIMÕES MACEDO, pediatra homeopático e médico da família, falou sobre o excesso de estímulos sensoriais a que a criança é exposta desde o nascimento. De acordo com ele, a falta de silencio e de tempo livre para brincar é extremamente prejudicial ao desenvolvimento infantil. Aqui vai uma condensação de trechos de sua apresentação.

“Na sociedade atual a gente se apazigua olhando objetos de consumo. Como há um esvaziamento da sensação de pertencimento, os símbolos ganham importância. Objetos se tornam mais importantes do que a presença humana. A intolerância com as diferenças é outro sintoma do isolamento e enfraquecimento das relações sociais.  O buraco da falta de proximidade humana é preenchido pelo consumismo ou pelas drogas. É preciso haver um resgate do encontro humano, deixar de viver de forma funcional e pouco criativa e arranjar mais tempo para fazer as coisas.”

Em seguida, MARCELO FURTADO, diretor do Greenpeace no Brasil, mediou um debate em que os convidados e a plateia trocaram ideias sobre alternativas para combater o consumismo infantil e transmitir valores mais solidários e humanos às crianças e adolescentes.

Anúncios

§ 2 Respostas para Saiba como foi o encontro “Vamos falar sobre consumo?”

  • Anônimo disse:

    Gostei muito do que foi dito. Sera que poderiam falar um pouco sobre uma ou duas sugestoes que foram discutidas para reduzir o consumismo infantil e que podem ser aplicadas imediatamente?
    Obrigada.

    • OPS disse:

      Obrigada pela sua participação e desculpe a demora em lhe responder. A discussão foi bem ampla e falou-se de muitos assuntos que envolvem o consumo. Algumas exemplos práticos que foram comentados: evitar passeios a shopping centers, optando por programas menos ligados a consumo: como rede SESC, parques, museus, etc. Incentivar a troca de objetos, evitando tantas compras. Evitar muitas horas de TV e ajudar a criança a refletir sobre o que vê. Trocar atividades de consumo por uma atividade de culinária, como fazer um bolo em casa, etc. Continue participando e venha às nossas reuniões mensais! Temos muito o que debater.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Saiba como foi o encontro “Vamos falar sobre consumo?” no OPS Vera Cruz.

Meta