Descrição do encontro “Nossos filhos e o mundo virtual”

07/11/2011 § 3 Comentários

Muito obrigada a todos os pais pelo grande comparecimento ao evento e um agradecimento especial aos participantes da mesa, o médico hebiatra Maurício de Souza Lima, o advogado especialista em direito eletrônico Vinícius Cosso e a historiadora, pesquisadora de tecnologias digitais e educação Lilian Starobinas, que a partir de suas apresentações  possibilitaram um debate instigante.

Maurício de Souza Lima, Lilian Starobinas e Vinícius Cosso

Tivemos aproximadamente 100  participantes, entre pais de alunos e amigos, bem como coordenadores e professores da escola.

Como o acesso à internet vem influenciando na mudança de hábitos em nossos lares? Como lidar com os usos das tecnologias e comportamentos que nossos filhos vêm tendo nesse âmbito? Como definir limites e como utilizar filtros para limitar o acesso a temas inadequados? Estas são algumas das questões que foram debatidas – mas não esgotadas – neste primeiro encontro.

Pelo olhar da medicina, a saúde física e mental: postura, duração da adolescência, tempo ao computador, sexo, games, doenças. Os jovens estão se fechando num universo exclusivo, do qual os pais estão excluídos – é preciso retomar a relação do “olho no olho”.

Do ponto de vista jurídico, o direito digital: responsabilidades (e irresponsabilidades) de pais e filhos no meio virtual, idade mínima para participação em redes sociais e sites específicos, o problema da pedofilia, configurações de privacidade e conta, os termos de conduta e aceitação e, de quebra, filtros para limitar o acesso das crianças a conteúdos preestabelecidos por seus pais.

É fato que os computadores e os celulares vêm ocupando um espaço crescente no cotidiano das famílias. É através destes aparelhos que se dá grande parte do lazer, da busca por informação e da comunicação nos dias de hoje. A tendência de mercado, a que os pais vão cedendo sem muito questionar, é a do computador pessoal (em todas as suas formas – desktop, laptop, tablet, smartphone, etc.), o que resulta na diminuição dos espaços compartilhados em família.

Qual o papel da escola dentro desse contexto? Assim como as famílias, estas também foram surpreendidas por mudanças vertiginosas provocadas pela interação com as novas tecnologias. Portanto, é a parceria de pais e escola que permitirá encontrar respostas para o que parece ser uma demanda educacional cada vez mais emergente: a utilização das Tecnologias da Informação de forma criativa e consistente, em oposição à forma massificada e desagregadora como tem sido colocada pela sociedade de consumo.

Portanto, o que vemos aí é uma excelente oportunidade para rever as nossas velhas práticas educativas. A educação e o senso de cidadania necessários à convivência no mundo entendido como “real” são as mesmas qualidades que precisam ser desenvolvidas no mundo dito “virtual”. E do outro lado da moeda: atitudes que não devem ser tomadas no mundo real, também não devem ser no virtual.

Por esse motivo, acreditamos que um novo encontro, para discutir não os perigos da internet, mas os seus potenciais e possibilidades de uso na educação, seria muito proveitoso para todos.

O debate foi lançado! Vamos continuar conversando – entre pais e com a escola. A palestra deixou claro, para pais e educadores, que a Educação Digital tem que ser pensada e trabalhada cotidianamente, com profundidade, e envolvimento de todas as partes.

A próxima reunião da OPS já está marcada para o dia 24/11, às 20h. Esperamos todos com muitas ideias e propostas.

Referências apresentadas no encontro

Recomendações e boas práticas para o uso seguro da internet para toda a família
Sua Privacidade Online
O papel dos pais e educadores na formação dos jovens quanto ao uso ético e
construtivo da Internet

Vídeos recomendados por Vinícius Cosso

Think before you post – 2 videos

Where’s Klaus

My Face

Words Hurt

Girls – Think U Know CEOP (English)

Links sugeridos por Emílio Loures (pai de alunos e profissional da área tecnológica)

Aplicativos nos sistemas operacionais:

https://market.android.com/search?q=parental+control+app&so=1&c=apps

http://www.apple.com/iphone/ios/ (built-in the OS)

Para controlar o acesso à internet no próprio roteador:

www.opendns.com

Vivo (Vivo Segurança Online tem a opção “Controle dos Pais”)

http://www.vivo.com.br/portalweb/appmanager/env/web?_nfpb=true&_pageLabel=P1600429211317910594319&_nfls=false&WT.ac=portal.paravoce.lojadeservicosvivo.ficarmaistranquilo.vivosegurancaonline

Claro (também tem pacote com “Controle dos Pais”)

http://www.claroideias.com.br/portal/site/CIdeias/menuitem.b825f83d4903e76360d45f10f02321a0/&idlocal=58

Artigos relacionados ao tema

Presos no mundo, soltos na rede, por Rosely Sayão (para assinantes da Folha ou UOL)

No Vale do Silício, uma escola sem tecnologia, com agulha de tricô, por Matt Richtel

Anúncios

§ 3 Respostas para Descrição do encontro “Nossos filhos e o mundo virtual”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Descrição do encontro “Nossos filhos e o mundo virtual” no OPS Vera Cruz.

Meta

%d blogueiros gostam disto: